Tenda Espírita Caxana

Fé e Caridade

(continuação)

O Ritual de Umbanda Sagrada surgiu (foi idealizado no astral e posteriormente concretizado no plano material) após uma vibração ordenadora da Coroa Divina.
A ??vibração original?? estimulava uma ordenação das manifestações espirituais que ocorriam esparsas e em todos os níveis.
Numa irradiação ordenadora da Coroa Divina todos os níveis foram hierarquizados ao redor das sete essências divinas, que são:
Cristalina; Mineral; Vegetal; Ígnea; Eólica; Telúrica e Aquática.
O Ritual de Umbanda Sagrada, como todas as outras religiões, é regido pela Coroa Divina e não é nem melhor nem pior que nenhuma das outras religiões que se fazem presente em solo brasileiro.
Apenas tem seus próprios fundamentos religiosos e um modo e meio só seu de cumprir sua missão divina.
Fiéis têm o Ritual de Umbanda Sagrada e todas as outras religiões.
Médiuns praticantes ela tem, assim como as outras têm suas hierarquias encarnadas.
Um meio divino por onde seus mistérios fluem e irradiam ela tem. E o mesmo as outras também têm.
Uma liturgia (cantos rituais, obrigações, preceitos, etc.) ela tem que a distingue do Candomblé. Mas isso também ocorre no Cristianismo, em que o ritual romano difere do Ortodoxo e o espírita difere do ritual dos evangélicos, pois ambos são pólos diferentes de uma mesma linha de força.
Nessa mesma linha de força, num pólo estão: Umbanda, Espiritismo, Budismo, Sufismo, etc.
No outro pólo estão: Candomblé, Evangelismo, Hinduísmo, Xintoísmo, etc.
Toda religião tem dois pólos por onde fluem duas linhas de força, uma é universal (coletiva) e a outra é cósmica (individualista).
Observem as religiões sobre essa óptica e detectarão qual a linha de força que as está regendo.
Com isso saberão como é o modo de pensar e agir dos que com ela se identificam e as seguem.
Observem apenas alguns aspectos e o resto virá por seus desdobramentos: a Umbanda universaliza os orixás; o Candomblé os individualiza.
Ou não é verdade que na Umbanda um orixá universal (Ogum por exemplo) é o guardião de todos enquanto no Candomblé cada filho-de-santo tem o seu ogum individual, só seu e de mais ninguém?
O mesmo ocorre entre o Espiritismo e o Protestantismo; entre a Igreja Católica e a Igreja Ortodoxa; entre as correntes Sunitas e Xiitas, etc.
A Coroa Divina sabe que existem dois tipos de naturezas humanas:
Uma Cósmica e a outra Universal.
Existem dois pólos magnéticos em todos os aspectos do Criador, da criação e das criaturas, que se manifestam em tudo e em todos, durante todo o tempo e o tempo todo e em todos os níveis vibratórios.
Um desses pólos é irradiante e o outro concentra.
Um é expansor e o outro contrai.
Um é agregador e o outro é isolante.
Um é universal e o outro é cósmico.
Um é o pólo positivo e o outro é negativo.
Um é masculino e o outro é feminino.

LIVRO: As Sete Linhas de Umbanda
AUTOR: Rubens Saraceni
ORIENTA??O ESPIRITUAL: ??Li-Mahi-Am-Seri-yê??