Tenda Espírita Caxana

Fé e Caridade

Uma pessoa plantou uma rosa e passou a regá-la constantemente.

Antes que ela desabrochasse, reparou que o botão em breve surgiria, mas notou espinhos sobre o talo e pensou:

"Como pode uma flor tão bela vir de uma planta rodeada de espinhos tão afiados?"

Entristecida por este pensamento, ela deixou de rega-la.

Assim é com muitas pessoas.

Dentro de cada alma há uma rosa.

São as qualidades dadas por Deus.

Dentro de cada alma temos também os espinhos.

São as nossas faltas.

Muitos de nós olhamos e vemos apenas os espinhos, os defeitos.

Nós nos desesperamos, achando que nada de bom pode surgir.

Deixamos de regar o bem.

Não reparamos no potencial.

Algumas pessoas não vêem a rosa dentro delas mesmas.

Um dos maiores dons que uma pessoa pode possuir ou compartilhar é ser capaz de passar pelos espinhos e encontrar a rosa dentro de si ou de outras pessoas.

Esta é a característica do amor.

Olhar para si ou para alguém e conhecer seu verdadeiro potencial, apesar de ainda possuir faltas.

Aceita-las, enquanto procura transformar suas aparentes imperfeições, até que desabroche a beleza em sua alma.

Se nós observarmos a rosa, seremos capazes de superar os próprios espinhos.

Portanto, nos cabe descobrir as rosas que existe dentro de cada um de nós, dentro das pessoas que amamos e rega-las...