Tenda Espírita Caxana

Fé e Caridade

? natural todos quererem compreensão, resta saber se fazemos algo para que ela possa aparecer nos nossos caminhos. Se cruzarmos os braços, somente esperando que os outros nos entendam, é certo que isto não vai se dar.
? considerada de boa ética a educação no diálogo entre duas pessoas, notadamente no lar. Se costuma rebater todas as idéias de tua companheira, criam-se cargas ofensivas de coração para coração, disposições negativas de alma para alma. Pessoa nenhuma é desprovida de boa vontade que não possa contribuir com um pouco de esforço no sentido de que a paz seja estabelecida no lar.
A compreensão no ninho familiar depende dos esforços conjugados do casal, porém a iniciativa parte do mais evoluído. Procura dar início a este trabalho que a outra parte te seguirá se valendo do mesmo proceder, de modo que no ambiente da casa prevaleça harmonia. Em todas as circunstâncias, o melhor é se valer da educação espiritual.
As explosões de sentimentos contrários não constituem nunca solução para a verdadeira paz. Quando o casal procura analisar com bom senso as coisas, compreende-se que para dar nova vida ao vosso lar, se faz necessário respeitar os direitos mútuos, cumprindo cada qual o respectivo dever que a vida vos entregou no lar e fora dele.
Esse é o primeiro plantio da semente da paz em vossa casa .

LIVRO: Ele e Ela
AUTOR: João Nunes Maia
DITADO PELO ESPÍRITO: Maria Nunes