Tenda Espírita Caxana

Fé e Caridade

? conveniente assinalar o valor da candura dentro de uma casa, conduta sublimada que a esposa reconhece sua necessidade junto ao coração que ama.
? de bom senso assegurar que comparamos a flor como se fosse o sorriso da árvore para Deus. O equivalente se dá com mulher quando sorri, onde seus lábios se transformam em flor para aquele que se uniu a ti em vínculos de libertação pelo amor.
Todo esforço por pequeno que seja, na área da educação, como mãe e esposa, reflete muito no plano espiritual permitindo que a ajuda chegue até ti no estímulo de seu aprimoramento.
A mulher que procura educar-se, mesmos diante das dificuldades da vida para gerar em seu lar a felicidade, essa irmã é digna da atenção dos benfeitores da espiritualidade, pois seu procedimento faz bem ao coração e prenuncia a verdade, que a libertará da ilusão.
Procura fazer a tua parte sem exigências, minha filha, pois a sinceridade com que se empenhas será acolhida pelo Pai, que certamente falará ao coração do teu esposo pelos inúmeros recursos que dispõe, indicando a ele meios de acompanhar-te no exemplo que ofertas por amor ao lar e à humanidade.
Quando desejas que teu esforço para se educar seja percebido por alguém, anula-se a glória e perturbam-se os efeitos que deveriam ser muito maiores nos corações que te acompanham. A descrição é qual a veste da disciplina. O silêncio na exemplificação é sabedoria divina.
? justo garantir à paz as pessoas de boa vontade no bem, que estão sendo glorificadas pelo amor. Persevera, avança e confia, que o tempo vai mudando o teu lar terreno em ambiente propício para o clima divino. Tu és Ela, na condição de esposa que avança na direção da confraternização com Ele, companheiro de vida para a vitória do bem. Nunca esqueça que a candura é mãe da gentileza e transforma a Terra em Céu.

LIVRO: Ele e Ela
AUTOR: João Nunes Maia
DITADO PELO ESPÍRITO: Maria Nunes