Tenda Espírita Caxana

Fé e Caridade

Durante todo o dia de comemoração diversas mensagem foram psicografadas.

Mosaico com fotos de 10 de abril de 1965

Meus irmãos desta Terra, minha família querida, meus amigos amados, aos Médiuns da Tenda Espírita Caxana os meus mais sinceros votos de alegria de paz e de amor. Nesta comunhão de todos vós hoje tal qual há 50 anos nós fizemos,  celebrem com todo o coração com toda a fé e com toda caridade todos as conquistas e vitórias juntas.

Amigos me perdoem a dificuldade que tenho ainda de me expressar, mas por aqui na pátria espiritual ainda estou me acostumando à nova vida e a seus princípios  mas quero  de  fato deixar o meu abraço à todos, queria muito pisar neste chão novamente, queria muito abraçar aos meus irmãos com força, porém minha nova condição no espaço ou seja no universo espiritual não posso fazê-lo  mas posso daqui derramar sobre vós todos o meu amor em forma de irradiação, Obrigado aos bons espíritos especialmente aquele que me acompanha e auxilia, o meu mais sincero obrigado por poder projetar minha palavras e hoje, dia tão especial poder falar novamente a todos vocês,.

Fiquem com Deus, com Jesus e com o Caboclo Yuca e o Caboclo Pena Branca.

Mais uma vez o meu muito obrigado.

Que assim seja, Vosso irmão, que tanto vos ama.



Palavras de Pai Antônio 


Quando se constrói o castelo sobre a rocha, este fica rígido e seguro.

A Tenda Espirita Caxana foi feita como ao castelo de Pedra, em cima da rocha firme.

Entre seus tijolos foi colocado o Amor, a Caridade, mais principalmente a verdade.

Sim senhores, a verdade foi o caminho escolhido para ser percorrido.

 Nesta solidez se fizeram milagres e bênçãos divinas caíram sobre todos nós.

Assim Jesus, cheio de alegria saúda a todos.

Ele caminhou ao lado de cada um, muito no colo dele nós estivemos nos momentos de maior dificuldade.

Mas hoje é festa e que assim seja

Frei Miguel.

Pelo médium Nelson


Ata de Reunião de 10 de abril de 1965. 

 No dia 10 de Abril de 1965, ano do IV centenário do Rio de Janeiro, na rua Alexandre Gasparona, 254, em Marechal Hermes, residência de Bento Borges, foi fundada a TENDA ESPÍRITA CAXANA, em sessão realizada pelos presentes, abaixo mencionados e que teve início às 20:10 h e término às 22:15 h .

 Estiveram presentes Bento Borges, Renê Niemeyer, Antônio Ferreira Pinto, Henrique Borges Filho, Bruno Pereira Reis, Henrique Borges Netto, Wilherme Borges, Renato Borges, José Texeira Carvalho, José Joaquim de Figueiredo, Feliciano Moreira Oliveira, Waldenir Viera da Silva, Waldemar Gonçalves Fernandes, Hélcio Borges, Heraldo Borges, Heitor Borges, Waldemar Vieira da Silva, Zeferino Silveira Borges, Hélio Borges Sobrinho. Foram representados por procuração, Fernando de Souza Lima, Hildemar Alves Carvalhosa e Murilho Costa.

 

Irmãos,

Acabai de ouvir o texto elaborado pelo primeiro diretor da TEC – Sr Bento Borges, que foi a ATA INAUGURAL das atividades cristão – caritativas dessa casa de preces.

Estamos, portanto, relendo um texto de 50 anos , mas tão atual, que nos impressiona e emociona como se fora recém produzido.

Poderiamos parar aqui, pois tudo, de melhor já fora dito.

Mas, teimoso, e de certa parte orgulhoso, faço um breve acréscimo, quiçá seja uns dos últimos de minha inspiração posto que, tenho a leve impressão que aqui não estarei em 2065, para feitura do discurso dos 100 anos de nossa querida Tenda Espírita Caxana.

Como lhes disse, pouco a acrescentar, porém é oportuno que se diga que desejamos deixar um “olhar retrospectivo “ aos 50 anos vividos.

Aquela euforia dos primeiros dias e sessões espiritas, lhe confesso , pouco lembro , estava na verdura dos 20 anos.

Por certo, papai e outros experimentaram angustias, mas ao mesmo tempo uma enorme esperança de coisas melhores e renovação.

Religioso, como eram, lembravam àqueles abençoados irmãos a lição pregada pelo Cristo:

“No mundo, passais por aflições;

 mas tende bom ânimo,

 Eu venci o mundo”

Assim, com o calendário a indicar que atingimos o ciclo de 50 anos, já temos pequena desenvoltura espiritual – coisa que só se dá ao longo das seguidas encarnações – cujo ritmo e com algum e com alguma leitura de obras espiritas, podemos trazer para essa breve fala.

Ousamos interpretar tão sabia lição, dizendo:

´desfaze-te do inútil , desvencilha-te do imprestável, esquece os enganos que tanto mal te causaram. Deita fora as aflições e aborrecimentos. Recomece toda vez que for preciso.

Mas recomece com firmeza, pois qualquer esforço requer firmeza e lembre-se que tudo pode retornar somente não volta a oportunidade perdida, essa sim, se não aproveitada será sempre uma perda real que se experimentará.

Irmãos,

É tempo de concluir: Lembremo-nos o Apostolo dos gentios, em carta aos Coríntios, cap 5 versículo 17.

“ Assim é que , se alguém está em cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram: eis que tudo se fez novo”

Estamos, perfeitamente em consonância com o pensamento de Paulo. “Deixemos para trás as coisas e notícias que nos afligiram uma sábia recomendação ano toda no Livro” Cartas a um jovem poeta” de Rainer Maria Rilke, Ed Globo – Porto Alegre- 1970 pag 37/38”

“ Não busque, por enquanto, respostas que não lhe podem ser dadas, porque não as poderia viver, pois trata-se precisamente de viver tudo. Viva , por enquanto as perguntas. Talvez aos poucos , sem que o perceba, num dia longínquo consiga viver a resposta”

A proposito dessa ilustre celebração , seja-nos permitido lembrar-nos da conselho do mentor espiritual Emmanuel em sua bela página” Recomecemos “ que ensina assim:

“ Não conserves lembranças amargas” de janeiro a janeiro, renova-se o ano, oferecendo um novo ciclo de trabalho . É como tudo estivesse a dizer:

“ Se queres, podes recomeçar”

O divino Mestre Jesus , de certa feita ensinou que

“ninguém aproveita remendo novo em pano velho”

São coisas velhas( no dizer de Paulo recomecemos a todo tempo, com firmeza e destemor e, por certo estamos fazendo o que é de melhor em favor de nossos interesses nesses ignorados anos de encarnação que nos restam.

Obrigado pelas presenças

Obrigado por tudo de positivo que foi trazido com suas presenças

Obrigado pela paciência em me ouvirem

Sinceramente

Heraldo Borges

Produzido em 8/3/2015

Domingo de ramos as 10:55